quarta-feira, 15 de março de 2017

Morre na cidade de Corrente o cantor, radialista e poeta fronteirense Tony Vem Vem

Faleceu na manhã desta quarta-feira (15), na cidade de Corrente no Extremo Sul do Piauí, o cantor, radialista e poeta António Manoel da Silva (Tony Vem Vem). O locutor havia sido internado na noite desta terça-feira (14), no hospital de Corrente onde veio a óbito.
Tony Vem Vem é natural de Fronteiras- PI, mas não escondia o amor pela terra que lhe adotou a cidade de Campos Sales- CE, ele tinha 48 anos de idade, além de radialista gozava do talento de ser repentista, cantor e poeta.
O radialista trabalhou em várias emissoras de rádio no pais, foi o caso do estado de São Paulo onde passou uma temporada. Com canções de sua autoria e de outros compositores, sempre participava de encontro de violeiros no Piauí e Ceará , ele chegou a gravar CDs e DVDs, atualmente apresentava um programa de entretenimento na Rádio Cerrado FM 92.1 na cidade de Corrente.


Fonte: Repórter Alessandro Guerra

Jovem de Caldeirão Grande do Piauí é assassinado no Estado de Minas Gerais

O corpo de um jovem identificado como Manoel, filho do casal  Verônica e Francimar de Manoel Pedro, residentes na zona rural do município de Caldeirão Grande do Piauí, foi encontrado na tarde desta terça-feira (14) na cidade de Santa Juliana, Estado de Minas Gerais, onde o jovem trabalhava.
Segundo informações, o jovem encontrava-se desaparecido desde o último domingo e o corpo foi encontrado com marcas de violência. O corpo foi periciado, liberado na manhã desta quarta-feira (15) e será trasladado para a cidade de Caldeirão Grande do Piauí onde deverá acontecer o sepultamento.

Adolescente fronteirense morre vítima de complicações cirúrgicas em Teresina

Garota foi vítima de um possível erro médico, pois na cirurgia para a retirada do apêndice teve rins e bexiga perfurados.

Faleceu no final da tarde desta terça-feira (14) a adolescente Maysa, que encontrava-se internada em Teresina após apresentar complicações em uma cirurgia de apendicite no Hospital Regional Justino Luz na cidade de Picos-PI.
Segundo relatos de familiares a garota teria sido vítima de um possível erro médico, pois na cirurgia para a retirada do apêndice teve rins e bexiga perfurados.
Maysa tinha 12 anos, era neta do senhor Moacir da localidade Campos (in memorian),  e aluna da Unidade Escolar Municipal Hermínio José Ribeiro.
O corpo está sendo velado na localidade Lagoa Comprida e o sepultamento está marcado para as 16h30, após a realização de uma celebração de corpo presente na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
Nas redes sociais professores lamentaram a morte da adolescente.
O Blog Fronteiras Online, na pessoa do seu diretor Jakson Sousa, externa aos familiares os sentimentos de profundo pesar e solidariedade.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Ex-Funcionários de fábrica de cimento de Fronteiras se reunem após demissão em massa


O secretário estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, disse que uma equipe do Governo deve se reunir com proprietários da empresa na próxima semana.


Ex-trabalhadores da Itapissuma, produtora do cimento Nassau no Piauí, se reuniram para discutir como ficará a questão dos direitos trabalhistas. No início da semana, a empresa anunciou demissão em massa de mais de 400 funcionários. Apenas 70 pessoas, entre vigilantes e setor administrativo, permanecem no emprego.
No comunicado, a empresa informou que a medida deve-se à crise econômica que assola o país e acabou refletindo na queda de 80% das vendas.
“Por mais que as vendas tenham caído, a empresa nunca deixou de vender para o mercado. Tudo o que a gente fabricava era vendido. No decorrer dessa crise interna do grupo, parou a produção. Contudo, as vendas continuaram”, diz o eletricista Alexandre Costa. Antes da crise, a média de produção era de 1 milhão de sacos de cimento, gerando R$ 500 mil por mês.
A fábrica de cimento foi instalada na cidade de Fronteiras, em 2011 e, nos últimos anos, enfrentava dificuldades. No mês de fevereiro, os trabalhadores decidiram paralisar as atividades por tempo indeterminado, por conta de atraso salarial.
O impacto da demissão em massa já repercute no comércio da cidade.
A fábrica de cimento foi instalada na cidade de Fronteiras, em 2011 e, nos últimos anos, enfrentava dificuldades. No mês de fevereiro, os trabalhadores decidiram paralisar as atividades por tempo indeterminado, por conta de atraso salarial.
O impacto da demissão em massa já repercute no comércio da cidade.
“Eu tinha muitos clientes da Itapissuma. Ontem, antes de saírem, ainda vieram comprar o café da manhã. Hoje percebi que o movimento caiu bastante”, avalia o padeiro Benjamin Emídio de Sousa.
“Não estou sabendo como vou sustentar minha família. O que eu tinha era esse emprego. Ficou muito difícil agora”, disse o carpinteiro Francisco José de Brito, que ficou desempregado juntamente com mais três pessoas da família.
A situação preocupa também a prefeita de Fronteiras. uma vez que a Itapissuma era a maior fonte arrecadadora do município.
“Não tendo produto a ser exportado do nosso município, o que vamos fazer? sobreviver de que? De um FPM?”, questiona a Maria José, prefeita de Fronteiras.
Participaram da reunião, nesta terça-feira (07), representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico do Piauí, poder municipal, advogados trabalhistas e ex-funcionários, ainda surpresos com a demissão em massa.
“Os colaboradores chegaram para trabalhar e os motoristas dos ônibus vieram nos entregar um comunicado dizendo que a gente havia sido chamado para uma reunião. Foi quando uma equipe do RH pediu para que a gente assinasse o aviso prévio”, conta Paulo Pinheiro, assistente de qualidade.
Ninguém da empresa quis se pronunciar sobre as demissões.
O secretário estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, disse que uma equipe do Governo deve se reunir com proprietários da empresa na próxima semana.
“Também fui pego de surpresa. Todos os pleitos de incentivos fiscais a esta empresa foram atendidos e continuam vigorando. E não só pleitos de incentivos fiscais, mas de infraestrutura (energia, água e estrada). A empresa alegou a crise econômica, de fato um motivo relevante, mas o governador Wellington Dias e sua equipe econômica avalia se há algum mecanismo para não haver o fechamento da fábrica. Existe prejuízo para a arrecadação, mas o pior é a perda dos empregos”, disse o secretário.


Fonte: Cidade Verde

terça-feira, 7 de março de 2017

Assaltantes de moto são procurados no município de Fronteiras

Imagem Ilustrativa
Após receberem a informação de que uma motocicleta havia sido tomada de assalto nesta segunda-feira (06) no município de Santo Antonio de Lisboa e que os indivíduos empreenderam fuga na BR-230, sentido Campos Sales-CE, policiais da 4ª CIA de Polícia de Fronteiras montaram uma barreira nas proximidades do Matadouro Público, próximo ao bairro Cachoeirinha, na cidade de Fronteiras.
Ao se depararem com a barreira policial os indivíduos abandonaram a motocicleta e empreenderam fuga pelo mato. A polícia faz diligências no sentido de capturar a dupla e alerta aos moradores do bairro cachoeirinha e localidades adjacentes que redobrem as atenções, não deixem os veículos fora de casa, não abram as portas para pessoas estranhas e que  que comuniquem à polícia qualquer situação anormal.
A motocicleta tomada de assalto foi recuperada e levada ao pátio da 4ª CIA de Polícia de Fronteiras. 

Deputado diz que fechamento da fábrica de cimento em Fronteiras será tragédia para Piauí

Deputado Estadual Robert Rios
O deputado estadual Robert Rios (PDT), lamentou a informação de que a Fábrica de Cimento Itapissuma S/A, localizada no município de Fronteiras, encerrará as suas atividades no Piauí. Mais 400 pessoas foram dispensadas hoje.
Para o parlamentar o fechamento da empresa no estado acarretará na destruição da cidade de Fronteiras e regiões adjacentes por conta do número de pessoas que ficarão sem emprego. “Para o Piauí é uma tragédia, para a região de Fronteiras é o caos. Aquela região sobrevive hoje graças a essa fábrica. O fechamento dessa empresa vai destruir a região. É uma pena que o Governo que estava tão preocupado em dar isenção de 90% a uma empresa de cervejaria [Itaipava], e ao mesmo tempo deixa essa fábrica fechar”, enfatizou.
Perguntado sobre quais medidas serão tomadas pela Assembleia Legislativa para evitar esta “tragédia”, Robert, defendeu que o Governo faça um acordo junto a empresa. “A Assembleia vai agora pressionar o Governo a fazer um acordo com a fábrica para ela voltar com as suas atividades. É uma tragédia. E meu medo é, que atrás dessa empresa outras façam a mesma coisa. O Governo do Estado aumentou todos os impostos, e os negócios do Piauí estão bastante prejudicados com o aumento da carga tributária do Governo Wellington Dias”, conclui.

Fonte: GP1/ Cidades na Net

Governador busca evitar fechamento de empresa de cimento em Fronteiras

A empresa suspendeu suas atividades de produção na última segunda-feira (06/03) e dispensou cerca de 500 funcionários.
Governador Wellington Dias (PT)

O governador Wellington Dias declarou na tarde desta segunda (06), que vai abrir diálogo com o diretor da empresa produtora de cimento, Itapissuma, que comunicou em nota, a suspensão das atividades no município de Fronteiras.
Em depoimento, Wellington garantiu que vai receber o diretor Leonildes Alves, e pretende buscar condições necessárias para que a empresa continue operando. “Fui comunicado que a empresa iria suspender suas atividades por 180 dias, e que em outras regiões ocorreram alguns incidentes. O Governo do Estado, nesse momento, busca formas para garantir que essa empresa continue operando normalmente, e que seu possível fechamento não afete famílias com o desemprego”. 
Ainda segundo o governador, existe um programa de fundo de aval, que é um mecanismo utilizado para concessão de garantias complementares à contratação de operações de crédito para financiamento de investimentos pelas empresas junto às instituições financeiras. Os fundos de aval podem ser formados com recursos de entidades públicas e privadas, que fomentam o desenvolvimento de micro e pequenas empresas que têm dificuldades no acesso ao crédito em função de não possuírem garantias suficientes à contratação de operações de crédito.
Em comunicado, a empresa informa que a partir do dia 06 de março de 2017, estará suspendendo temporariamente seus serviços em sua fábrica de cimento localizada na Fazenda Monte Alvão, município de Fronteiras. Segundo a empresa, tal suspensão deve-se ao agravamento da crise econômica que assola o país, em especial o ramo da construção civil.
Apesar do choque aos trabalhadores, a notícia já era aguardada. Há pelo menos três meses a empresa já não mais conseguia honrar os compromissos com os funcionários. Em meados de fevereiro os operários cruzaram os braços diante da situação.
A fábrica chegou a ser considerada uma das mais importantes do Nordeste e aproximou o PIB do município de Fronteiras à média nacional, atingindo o terceiro melhor patamar no Piauí. Pertencente ao Grupo João Santos, a fábrica foi montada na zona rural de Fronteiras, no limite com o município de Pio IX, próxima à localidade Quixaba, onde foi encontrada uma das maiores e melhores jazidas de mármore do mundo.
O presidente do SESI João Henrique Sousa comentou sobre o fechamento da fábrica em entrevista ao programa Jornal do Piauí, e culpou a administração do PT pela crise que acabou levando a empresa à medida extrema. “Um fato triste. É resultado do desmando do PT ao longo do tempo”, disse.


Fontes: Portal Meio Norte e Portal 180 Graus

segunda-feira, 6 de março de 2017

Fábrica de cimento anuncia suspensão temporária no funcionamento deixando quase 500 pessoas desempregadas

Em conversa com o Piauí em Foco, a direção da fábrica confirmou a suspensão de mais de 450 funcionários ficando apenas cerca de 70 profissionais.

Itapissuma S/A
Itapissuma S/A, emitiu na manhã desta segunda-feira (6) o comunicado oficial sobre a suspensão temporária de suas atividades na fábrica de cimento localizada na Fazenda Monte Alvão, município de Fronteiras.
De acordo com o comunicado, a suspensão “deve-se ao agravamento da crise econômica que assola o país e em especial o ramo da construção civil, onde está inserida a ITAPISSUMA S/A a qual teve uma redução nas suas vendas de cimento na ordem de 80% (oitenta por cento), o que inviabiliza momentaneamente o seu funcionamento.”
Os problemas econômicos pela qual a empresa tem passado é acompanhado pela população e impressa da região, com agravamento nas condições desde o último mês, quando colaboradores deflagraram greve em virtude dos atrasos nos salários em até três meses.
m conversa com o Piauí em Foco, a direção da fábrica confirmou a suspensão de mais de 450 funcionários ficando apenas cerca de 70 profissionais dos serviços de ‘RH’, administrativos e os vigilantes. Ainda segundo a direção não há data para retomar as atividades.
Além do desemprego gerado entre os fronteirenses, o município sofrerá sério impacto financeiro, deixando de arrecadar cerca de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) com o não funcionamento das atividades da fábrica.
A empresa convocou os colaboradores, em dois pontos (Fronteiras e PIO IX – PI), a comparecem ao Clube Nassau para receberem seu comunicado de Dispensa.
Confira o comunicado na íntegra:



Fonte: Portal Piauí em Foco (Cleiton Jarmes)

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Nota de Falecimento: Morre em Fronteiras a senhora Raimunda de João Pedro

(Imagem de Arquivo Familiar)
Faleceu na tarde deste sábado (25) a aposentada Raimunda Maria da Conceição, popularmente conhecida como Dona Raimunda de João Pedro, residente no bairro Mutirão. 
Dona Raimunda lutava há alguns anos contra um câncer na tireóide que desencadeou outros problemas de saúde, A mesma faleceu em sua residência, localizada ao lado do Centro de Educação Infantil José Aquiles Filho onde o corpo será velado.
A família ainda não decidiu sobre o horário do sepultamento. 

O Blog Fronteiras Online, na pessoa do seu diretor Jakson Sousa, externa aos familiares os sentimentos de profundo pesar e solidariedade.

Polícias da 4ª CIA efetuam prisão de envolvidos em roubo e agressão na zona rural de Fronteiras

Os Policiais da 4ª CIA de Fronteiras estiveram empenhados nos últimos dias em solucionar um crime de roubo ocorrido na noite do último dia 28 de janeiro na localidade Encruzilhada, onde uma dupla armada assaltou e espancou o agricultor Antonio Domiro.
Após informações recebidas, foi possível diligenciar e chegar aos infratores que foram identificados por Cícero Wideglan de Sousa Oliveira, 18 anos, residente no Bairro Cruzeiro, Pio IX-PI e o menor infrator de iniciais J.P.  de 16 anos, residente no Bairro Alto do Hospital na cidade de Fronteiras-PI.
Os infratores confessaram autoria do delito, afirmando ainda que utilizaram de uma arma de fogo para consumar a ação. O trabalho da delegacia de Fronteiras também foi de fundamental importância para a celeridade das prisões. O infrator Cícero Wideglan e o menor infrator J.P  serão encaminhados, respectivamente, para a penitenciária de Picos e para o Complexo do Menor.
"A Polícia Militar de Fronteiras  agradece a todas as pessoas que contribuíram de forma direta e indireta para a prisão dos criminosos, onde através do Comando da 4ª CIA não medirá esforços para a manutenção da ordem e a paz pública na região.",  declarou o Tenente Gilson Medeiros, comandante da 4ª CIA de Polícia de Fronteiras.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Situação do Açude Barreiras é destaque em reportagem especial da TV Record

A situação do açude Barreiras, localizado no município de Fronteiras, foi mostrada na noite desta quinta-feira (23) durante em uma parte da série "A Grande Seca" que está sendo exibida no quadro Reportagem Especial do Jornal da Record que vai ao ar em cadeia nacional.
A reportagem percorreu alguns municípios da região do Cariri, como Campos Sales-CE e Salitre-CE, mostrando a dura realidade das populações atingidas pela estiagem. No município de Fronteiras o repórter Fábio Menegatti entrevistou o produtor rural Thompson Alencar e o pescador Edson Camelo, que emocionado descreveu à reportagem o sentimento que impera no coração de todos os Fronteirenses.



terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Dois homens são presos durante blitz na cidade de Fronteiras

Uma equipe da Força Tática da Polícia Militar prendeu no último domingo (19), dois homens identificados como Emiliano Luís da Silva, de 49 anos, e Ruy Darlam na cidade de Fronteiras, acusados de roubo e adulteração de placa de veículo, respectivamente. A ação aconteceu durante a operação “Saturando”.
De acordo com a PM, Ruy Darlam conduzia um carro modelo Prisma, cor prata, quando foi abordado pelos policiais. No momento, foi constatado que o veículo havia sido roubado de uma mulher no município. O suspeito foi levado para a delegacia para realização dos procedimentos legais.


Já Emiliano Luís conduzia um veículo modelo Gol, cor branca, quando foi abordado pela equipe, que constatou que havia uma divergência na numeração do motor com a numeração do documento do carro.  Ele foi conduzido à delegacia e autuado por adulteração de veículo e documento veicular falso.

Fonte: Portal Riachão Net

Amigos realizarão bingo beneficente pela recuperação do jovem Francirley Moreira

Um grupo de amigos está organizando um bingo beneficente de um carneiro e uma caixa de cerveja com o objetivo de arrecadar fundos que ajudem no processo de recuperação do jovem Francirley Moreira, que sofreu um grave acidente no último dia 07 de janeiro.
A ação beneficente será realizada dia 04 de março, às 16h no Trailler Esquina do Churrasco e após o bingo acontecerá uma seresta animada por Joãozinho dos Teclados.
Informações sobre cartelas: (89) 99989-0462.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Fábrica de cimento de Fronteiras quer demitir quase metade de seus funcionários até o final do mês

Fábrica de Cimento Itapissuma S/A
O clima é de tensão na fábrica de cimento Itapissuma S/A na cidade de Fronteiras – PI. Primeiro os trabalhadores decidiram parar as atividades por tempo indeterminado por conta de atraso salarial. Agora a fábrica de cimento quer reduzir seu plantel de operários quase pela metade.
De acordo com informações, a empresa que possui pouco mais de quinhentos funcionários estaria sem pagar salários aos seus colaboradores há pelo menos três meses. Semana passada foi realizada uma reunião do sindicato com a administração da fábrica na tentativa de um acordo para o pagamento dos proventos e o retorno às atividades, no entanto, não houve acordo entre as partes.
Para agravar a situação a empresa deu inicio nesta semana uma redução em seu quadro de funcionários. Segundo informações do vereador Izalberto Luz (PT) durante Sessão Ordinária na manhã desta sexta-feira, 17 de fevereiro, a empresa já demitiu cerca de 140 funcionários só esta semana, e até o final do mês, a meta é desligar pelo menos 200 colaboradores.
“Quando a empresa se instalou em nosso município como critério junto aos governos estadual e municipal era empregar pelo menos 500 funcionários, o que era de grande serventia para toda nossa região, agora ela de uma só vez reduz o quadro apenas para 300”, disse preocupado o vereador.

Fonte: Portal é Notícia (Jeremias Carvalho)